31 de jul de 2012

We found love - 15° capítulo

Justin: O que está resolvido?
Ryan: Chris e Chaz, já estão a caminho. Contratei seguranças e mudei a rota das encomendas. Mas eu trouxe aqui para vocês olharem. *colocou o notebook na mesa*
Jack: Acho que não seria uma boa ela vim por aqui. Aqui é muito fácil de cometer furtos.
Jade: Concordo.
Justin: Acho melhor colocar para cá.
Ryan: Ok.
                Mudamos a rota, gostei de ver todos participando daquele jeito.
Jack: E os armamentos?
Jade: O Rico já deve está providenciando tudo.
Ryan: Já está chegando. Deve chegar amanhã.
Justin: Certo.
Jack: Temos que desestabilizar o Rico.
Jade: Temos que deixá-lo com medo.
Jack: Ele tem que saber que estamos de olho.
Justin: Já sei como fazer isso. *sorriu*
Ryan: Como?
Justin: Me falaram, que um carregamento dele chegará amanhã. De trem, pela zona 3.
Jack: Zona 3? *riu* Sempre achei esse Rico burro.
Ryan: Tem certeza? *pausa* Isso pode ser uma emboscada.
Justin: Se for vamos ter que arriscar.
Jack: Tem cinqüenta por cento de chance de ser e como tem cinqüenta por cento de chance de não ser.
Jade: Teremos que nos arriscar.
Justin: Teremos nada. *pausa* Nós vamos nos arriscar, você fica aqui.
Jade: Que? Nada disso, eu vou com vocês.
Ryan: Jade, é melhor você ficar aqui.
Jade: Jack!
Jack: Eles estão certos.
Jade: Então vocês acham seguro eu ficar em uma casa sozinha do que estar com vocês?
Justin: Você não estará sozinha vai estar cercada por seguranças.
Jade: E você confia neles? Porque eu não confio, na última vez que fiquei sozinha com seguranças você me seqüestrou.* pausa* Quem te garante que não pode acontecer?
Justin: *bufou* Realmente eu não confio neles.
Jade: Então, eu vou? *sorriu*
Justin: *olhou para o Jack*
Jack: É melhor. *olhou para o Justin*
Justin: Ok, você pode ir.
Jade: Eba! *sorriu vitoriosa*
                Ficamos um tempo ali na sala, resolvendo como faríamos para roubar ou danificar a mercadoria do Rico. Resolvemos que iríamos sair antes do amanhecer e ficar “entocados” observando. Quando acabamos, subi e fui levar o Jack até o seu quarto.
Jade: Aqui, esse é o seu quarto . *se jogou na cama* O que acha?
Jack: Nada mal. *sorriu* Muito melhor do que dormir no sofá *se jogou na cama*
Jade: Né? *sorriu*
Jack: Você recebia o dinheiro que eu te mandava todo mês? *se sentou na cama*
Jade: Recebia sim. *se sentou na cama*
Jack: E como você se virou depois que eu fui expulso de casa?
Jade: Bom, não mudou muita coisa sabe. O papai vivia bêbado e eu comecei a trabalhar.
Jack: Trabalhava aonde?
Jade: Em uma lanchonete. Eu estudava de manhã e a tarde e a noite trabalhava. E quando chegava ainda tinha que limpar a bagunça do papai.
Jack: Ele te batia?
Jade: Ás vezes. *abaixou a cabeça*
Jack: E você não o abandonou?
Jade: Não. Fiquei com ele até o seu coração parar de bater e eu pude ouvir a sua última frase.
Jack: E qual foi?
Jade: Ele falou: Me desculpe. Eu nunca quis ferir você e nem ao seu irmão. Depois que sua mãe se foi, eu me perdi. Me desculpem, me desculpem. Eu amo vocês. *caiu uma lágrima*
Jack: *me abraçou*
Jade: Jack, por favor, não me abandone mais.
Jack: Eu não vou te abandonar, jamais. Você é tudo que eu tenho, você é a minha preciosa. *sorriu*
Jade: Awn. *o abraçou*
Jack: E depois disso, você se envolveu com o Rico?
Jade: Sim, eu acabei na rua até encontrar Rico e ele me ajudar.
Jack: Ajudar? Ele te batia, isso não é ajudar. *nervoso*
Jade: Sim, mas ele me dava comida e abrigo.
Jack: E que história é essa de você acabar na rua?
Jade: Depois que o papai morreu. Eu não tinha lugar para ir, então acabei indo para a rua.
Jack: Alguém te tocou? Te fizeram algum mal? Me fala que eu mato. *disse preocupado*
Jade: Ah fala sério né? *rindo* Meu irmão me ensinou a me defender muito bem! *sorriu*
Jack: *sorriu* Assim como te ensinei a dirigir tudo que tenha rodas. *disse fingindo que estava com um volante na mão*
Jade: *riu* Claro. *sorriu*
Jack: E esse Bieber ai? *falou enciumado*
Jade: Ele me seqüestrou para me fazer de moeda de troca para o Rico, mas nós acabamos nos envolvendo. *foi interrompido*
Jack: Não quero saber disso. *sorriu tímido* Só sei que se ele fizer algum mal a você, eu o mato, pode avisar isso a ele.
Bieber: Não precisa me avisar, eu não irei fazer mal nenhum a Jade. *disse entrando no quarto*
Jade: Ouvindo conversas?
Bieber: A porta estava aberta. *sorriu*
Jack: Acho bom, você não fazer nenhum mal a ela. Se não eu serei obrigado a te matar. *falou firme*
Bieber: Relaxa, não teria coragem de fazer nada que machucasse a nossa preciosa. *olhando para mim*

                                                  CONTINUA... 

Oi meus amores, como estão? Espero que estejam bem, como eu estou *-* Ual, recebi vinte e quatro comentários *o* Que lindas! Obrigada pelo carinho de vocês, fico muito feliz por vocês estarem gostando. E obrigada a quem está me ajudando a divulgar a imagine, continuem divulgando por favor. Mas, e aí, o que acharam do capítulo? Que lindos todos trabalhando juntos não é? E agora você sabe mais da vida da Jade, que fofo o Jack não é? *-* O Justin disse que a Jade é a sua preciosa, awn *-* Comentem babies. E peço para que me ajudem a divulgar o blog por favor, obrigada :3
Quem quiser ser avisado sempre que eu postar um novo capítulo é só ir aqui e quem quiser perguntar qualquer coisa é só ir no ask
Continuo com 17 comentários, comentem por favor! :3
conversem comigo, me adicionem no msn ou me sigam no twitter.
yourdreams_fc@hotmail.com
@_ibelieve1
Beijos, Aly

30 de jul de 2012

We found love - 14° capítulo


Justin: Não quero te perder. *disse sussurrando*
Jade: Isso não vai acontecer. *sorriu*
Justin: Assim espero. *beijou a minha testa*
Jade: Agora vamos dormir. *o abracei*
                Dormimos abraçados, mas quando acordei o Justin não estava mais ao meu lado. Queria dar uma volta, eu precisava espairecer, me levantei e fui fazer a minha higiene, coloquei uma roupa e desci. A casa aparentemente estava vazia, era um bom momento para eu sair, fui até a garagem, chegando lá vi uma moto  peguei a chave que estava pendurada na parede da garagem e então eu subi na moto e fui. Os portões estavam um pouco abertos, eu como uma ótima motorista consegui sair. Já estava chegando na cidade, então resolvi dar uma passadinha no shopping e comer algumas besteiras. Estacionei a moto e entrei no shopping. – “O Justin não vai gostar nem um pouco disso” pensei- Entrei no Mac’ Donald, fiz meu pedido de depois comi. Quando estava indo embora alguém me puxa para dentro de uma loja.
Jade: Me solta.
XxXx: Shiu, eles estão atrás de você.
Jade: Jack é você?
XxXx: Sim, sou eu. *disse me soltando*
Jade: Que saudade! *disse o abraçando*
Jack: Eu também estava com saudades maninha. *disse te abraçando*
Jade: Por onde você esteve? Eu estava tão preocupada!
Jack: Por ai. Agora pelo que eu percebi você está em maus lençóis heim.
Jade: Abandonei o Rico e agora estou com o Bieber.
Jack: O que? *disse bravo* Você abandona a merda para ir para outra merda? *disse sério*
Jade: Não foi bem assim. *pausa* Olha quem fala, o merdão! *disse debochada*
Jack: Eu não queria que entrasse para essa vida.
Jade: Agora já era. Mas e você, o que faz aqui?
Jack: Cheguei hoje aqui. Precisava saber como você estava e eu vim aqui dar uma volta e acabei encontrando você. *sorriu*
Jade: Ah sim.
Jack: Agora temos que sair daqui. Eles já sabem que você está aqui. *disse me guiando para fora da loja*
Jade: Ok, minha moto está lá fora. Vamos para a casa do Bieber.
Jack: Você vai para lá. *disse abrindo a porta da saída de emergência*
Jade: Nós vamos, eu te perdi uma vez, não quero perder novamente. *disse com os olhos brilhando*
Jack: Tudo bem. *me abraçou*
                Jack dirigiu e eu fui falando as coordenadas para chegar à casa do Bieber. Chegando lá, os seguranças olharam para o Jack com cara de desconfiados e eles não queriam nos deixar abrir.
Jade: Tem certeza que você não vai nos deixar entrar?
                Então eles abrirão os portões e nós entramos, o Jack estacionou a moto em frente a casa. Entrei na frente e Jack veio atrás. Chegando à sala, encontro Justin sentado no sofá, ele sorriu aliviado a me ver.
Justin: Puta merda! Você que me matar porra? Quer-me fuder me beija caralho! *disse se levantando e vindo até mim*
Jade: Calma. *disse calma*
Justin: Calma é o caralho! Dá próxima vez que você sair sem me avisar eu te mato, está ouvindo? *disse me abraçando*
Jade: Tá, ta.
Justin: Você poderia estar morta sabia? Porra. *disse firme*
                A face o Justin mudou quando viu Jack entrar.
Justin: O que esse filho da puta está fazendo aqui.*disse raivoso*
Jack: Filho da puta? Olha como você fala. *disse sério*
Justin: Como eu falo? Eu falo do jeito que eu quiser nessa porra. *foi interrompido*
 Jade: Hey, parem de graça! Os dois. *disse firme*
Jack e Bieber: Ok. *se entreolharam* 
Jade: Justin, esse é o Jack o meu irmão.
Bieber: Irmão? *fez cara de confuso*
Jade: Sim, meu irmão! *pausa* E Jack, esse é o Justin, o meu homem.
Jack: *estendeu a mão*
Justin: *apertou a mão*
Jack: Foi mal ai. É que não costumo abaixar a cabeça pra ninguém.
Justin: Tranquilo. Mal ai, nem sabia que você era irmão da Jade.
Jack: *assim*
Jade: Ele é o terceiro integrante.
Jack: Integrante?
Justin: Ele é o destemido? *em um tom debochado*
Jade: Sim. *disse firme*
Jack: Não sei o que estão planejando, mas eu estou fora. Só vim te trazer aqui e ver se você está segura, agora vou embora. Eu trabalho sozinho. *disse saindo*
Jade: Jack, espera! *o segurou*
Jack: Eu tenho que ir Jade, tenho certeza que o Bieber vai cuidar de você.
Justin: Como pode ter tanta certeza?
Jack: Ah qual é? Se ela não fosse importante para você, você não ficaria daquele jeito.
Jade: Eu não quero te perder de novo. *o abraçou*
Jack: Você nunca vai me perder, agora eu tenho que ir. *saiu*
Jade: Mas, *Jack saiu batendo a porta*
Justin: Não fique assim.
Jade: Ele é importante para mim, vai falar com ele. Por favor.
Justin: Eu não vou implorar para ele ficar, se ele quis ir o deixe ir. *disse firme*
Jade: Por favor. *fez bico*
                                                               Jack on
                Fiquei feliz por ter reencontrado a Jade, mas me envolver nos trabalhos do Bieber? Ai não. Saí e bati a porta, estava na parte da frente da casa, quando escuto alguém me chamando.
Justin: Hey, Jack. *chamou*
Jack: *se virou* Fala cara.
Justin: Olha. *pausa* Eu não vou com a sua e eu sei que não vai com a minha, mas a questão não é essa. A Jade, corre perigo. Rico está atrás dela e você sabe muito bem o que ele fazia com ela e sabe do que ele é capaz. Uma enfermeira que cuidava da Jade a tentou envenenar e depois fugir e pelo que achamos ela está com o Rico. *foi interrompido*
Jack: O que você está tentando dizer com isso?
Justin: Acho que nenhum de nós dois gostaríamos que acontecesse algo com a Jade. Então podemos trabalhar junto para a proteger. Sei que nós dois seriamos os únicos que arriscaríamos tudo para a salvar.
Jack: Certo.
Justin: Então. *pausa*
Jack: Quando começamos? *sorriu*
Justin: É isso cara. *aperto de mão*
                Eu realmente não ia com a cara do Bieber, mas sabia que ele faria de tudo para a proteger. Então vou ficar.
                                                               Jack off
                                                               Justin on
                Não acredito que fiz isso. Mas é melhor assim, o Jack fará de tudo para proteger a Jade e esse é o objetivo. Quer dizer, o maior objetivo é acabar com o Rico.
                                                               Justin off
                                                               Jade on
                Sorri ao ver, Justin e Jack entrando na sala. Agora sim, os meus dois homens estão comigo. Corri para abraçar o Jack e depois beijei Justin. Nos sentamos no sofá e o Ryan entrou na sala.
Ryan: Tudo resolvido. *pausa* Opa, quem é esse?
Jade: *sorriu* Esse é Jack, meu irmão. Ele é o destemido pelo qual eu falei.
Jack: E ai cara. *aperto de mão*
Ryan: Oh cara, você ta forte heim. *rindo*
                O Ryan mesmo nos momentos mais inusitados nos faz sorrir, acho que é por isso que o Justin gosta tanto dele.
Justin: O que está resolvido?

                               CONTINUA... 

Oi meus amores! Que saudade de vocês! E aí como estão? Como foi o final de semana de vocês? O meu foi ótimo, matei a saudade da minha vovó, da minha tinha e do meu primo lindo! E até esqueci de estudar pra minha prova de recuperação de matemática que foi hoje de manhã e eu acho que não fui bem hahaha UAL, VINTE E SETE COMENTÁRIOS? COMO ASSIM? OH MY BIEBER! Eu fiquei tipo "*o*" quando vi e li todos, vocês são uns amores sabiam? Lindas demais! E eu fico muito feliz quando comentam! E leitoras novas sejam bem vindas, espero que gostem lindas! Até um boylieber comentou, omb *o* haha Fiquei bastante feliz! :')) E lindas, quem quiser que eu avise pelo twitter tem que ir aqui e postar um comentário com o seu twitter, caso ao contrário, não da para eu avisar bebês :/ E amores, tem como vocês participarem do blog? Tem como participar com o twitter. E me ajudem a divulgar a minha imagine por favor, divulguem no seu twitter, indiquem para amigas, me ajudem pfvr? Obrigada :3 Mas, e aí o que acharam do capítulo? A Jade tem um irmão? E ele também faz parte da máfia :o Justin não gostou muito dele, será que é ciúmes? Mas que fofo o Justin passou por cima do seu orgulho para proteger a Jade *-* E o que será que Ryan resolveu? Será que ele já reuniu o Chaz e o Chris? Vêm muitas supresas por aí amores, comentem bastante!  
Quem quiser ser avisado sempre que eu postar um novo capítulo é só ir aqui e quem quiser perguntar qualquer coisa é só ir no ask
Continuo com 15 comentários, comentem por favor! :3
conversem comigo, me adicionem no msn ou me sigam no twitter.
yourdreams_fc@hotmail.com
@_ibelieve1
Beijos, Aly

27 de jul de 2012

We found love - 13° capítulo

Jade: Ela quem? *entra no escritório*
Justin: Estava ouvindo a nossa conversa?
Jade: Talvez. *pausa* Agora fala, ela quem? O que está acontecendo?
Justin: Bom, a Melissa armou para o Ryan e ela fugiu e temos quase certeza que ela foi para a casa do Rico.
Jade: Claro, é o único lugar que talvez ela pudesse se proteger. *se sentou na cadeira* Continue.
Justin: Ela sabe onde estamos e conhece a casa. Então temos que nos proteger.
Jade: O Rico não vai invadir aqui.
Ryan: Por que não?
Jade: Ele não tem armamento para isso e não tem raciocínio.
Justin: Mas a Melissa tem.
Jade: Tem razão, aquela filha da puta é esperta.
Ryan: Precisamos da sua ajuda, você conhece o Rico e conhece tudo dele.
Jade: Já sei primeiro, você tem que reforçar a sua segurança nas travessias de mercadoria.
Justin: Estou vendo que além de linda é esperta. Gosto disso. *sorriu malicioso*
Jade: *sorriu*
Ryan: O que devemos fazer?
Jade: Primeiro ficar calmos, o Rico não pode perceber que estamos nervosos. Segundo devemos articular novos trajetos para as mercadorias, porque ele já sabe a maioria. Terceiro precisamos reforçar a segurança e quarto, precisamos de duas pessoas confiáveis.
Ryan: Por que precisamos de duas pessoas confiáveis?
Jade: Rico tem uma alta tecnologia. E por mais que eu saiba mexer bem eu não sei tudo. Então precisamos de alguém que mande muito bem nisso.
Justin: Já sei quem pode ser.
Ryan: E a segunda pessoa?
Jade: Alguém que saiba se esconder muito bem.
Ryan: Como assim se esconder bem?
Jade: Não sei se vocês perceberam, mas sempre tem alguém do Rico na cola de vocês e por pura sorte ele ainda não descobriu onde é a sua “fortaleza”. Então precisamos de alguém para fazer o mesmo.
Justin: Também conheço um perfeito para isso.
Ryan: Quem?
Justin: Chris e o Chaz. *disse vitorioso*
Jade: São confiáveis?
Justin: Sim.
Jade: Ok então. Mas podem ficar tranqüilos, o Rico não vai agir imediatamente ele não gosta disso.
Ryan: Vejo que você o conhece como ninguém.
Justin: E eu não gosto nem um pouco disso. *disse irritado*
Ryan: Vou organizar tudo como você disse e chamar o Chaz e o Chris, amanhã de manhã.
Justin: Não, faça tudo hoje! *disse sério*
Jade: Mas ainda falta uma pessoa.
Ryan: Quem?
Jade: Alguém destemido, que não tema a morte.
Justin: Quem?
Jade: Eu já sei quem pode ser.
Ryan: Tudo bem, eu vou organizar tudo. *saiu*
                Jade se levantou e saiu do escritório. Eu ainda estava irritado com tudo o que aconteceu e estava irritado por a Jade conhecer tão bem o Rico. Fiquei um tempo pensando e logo me levantei e fui até o meu quarto e a Jade estava em pé olhando pela janela.
Justin: Não sabia que você conhecia tão bem o Rico. *disse se sentando na cama*
Jade: Pois é, mas eu o conheço. *disse se virando*
Justin: Hm. *pausa* Ainda trabalha para ele?
Jade: *bufou* Não acredito no que acabei de ouvir. *pausa* Depois dessa vou até tomar um banho. *entrou no banheiro batendo a porta*
                Fiquei ali sentado por alguns minutos, ouvi o barulho da água e me levantei indo em direção ao banheiro. Abri a porta e fiquei a admirando, a água caia sobre o seu corpo escultural. Ela me deixava maluco. Não fiz nada só fiquei ali a observando, acompanhava cada ato que ela dava. Ela saiu do Box e se assustou a me ver.
Jade: Que susto. *colocou a mão no peito*
Justin: *silêncio*
                Ela se enrolou na toalha e quando ela ia passando por mim eu a segurei.
Jade: Justin.
Justin: *mordeu os lábios*
                Selei os nossos lábios, dando inicio a um beijo feroz e com desejo. A minha mão já estava em sua coxa. A levantei, o fazendo entrelaçar as suas pernas em minha cintura. Fui a levando até a cama, sem interromper o beijo.
                A joguei na cama, a única coisa que me impedia de vê-la completamente nua era aquela toalha. Eu só estava com uma calça moletom. Fiquei por cima dela e comecei a beijar o seu pescoço e ela se arrepiava, passei minhas mãos por suas coxas e as apertei, ela arfou.
Justin: Você gosta? *disse apertando*
Jade: Sim. *entre gemidos*
                Tirei a toalha e pude ver o seu corpo totalmente nu, sorri vitorioso, aquilo tudo era meu, só meu. Apertei seu seios a fazendo gemer, coloquei a minha boca em um dos seus seios e os sugava com força o que a fez gemer um pouco alto. Desci fazendo uma trilha de beijos por sua barriga até chegar a sua intimidade, pressionei o seu clitóris com os meus dedos o que a fez gemer e levantar um pouco o quadril.
Justin: Você gosta? *pressionei mais*
Jade: Gosto. *disse entre gemidos*
                Penetrei dois dedos o que a fez gemer. Depois coloquei a minha boca em sua intimidade e comecei a sugá-la com força, o que a fazia gemer e levantar o seu quadril. Eu estava a sugando com força e enquanto a sugava também a penetrava dois dedos o que a fazia gemer alto e gemer o meu nome, o que me deixava mais excitado. Senti o seu corpo estremecer e logo pude sentir o seu líquido invadir a minha boca, a suguei mais ainda até não restar mais nenhum líquido ali. Subi e selei os nossos lábios e depois me deitei ao seu lado na cama. Logo ela se levantou e ficou por cima de mim.
                                                                              Justin off
                                                                              Jade on
Jade: Achou que ia me fazer gozar e só? *disse beijando o pescoço*
Justin: Talvez. *disse em sussurro*
Jade: *gemeu no meu ouvindo* Eu quero você. *gemeu*
Justin: *gemeu* Não faz isso. *apertou a minha bunda*
                Agora era a minha vez de provocá-lo, desci fazendo uma trilha de beijos até chegar a barra da sua calça, a tirei junto com a cueca e o seu amiguinho se encontrava pulsando. Sem pensar duas vezes o coloquei por inteiro em minha boca o fazendo gemer. Comecei a sugá-lo e ouvia o Justin arfar de prazer.
Justin: Jade, eu quero você. *entre gemidos*
                Parei e o olhei, ele me chamou com as mãos e eu subi. Quando selei os nossos lábios, ele me virou o fazendo ficar por cima de mim. –“Amo quando ele faz isso” pensei- Ele estava sarrando o seu pênis na entrada da minha vagina o que estava me deixando louca.
Jade: Não faz assim. *disse entre gemidos*
                Ele apertava a minha coxa com força o que me deixava com mais excitação.
Justin: Adoro te provocar. *disse arfando*
Jade: *sorriu maliciosa*
                Ele me penetrou, senti meu corpo subir por causa do impacto. Ele penetrava com força e tinha um ritmo rápido e eu gemia alto o que o fazia ir mais rápido. Ele me virou bruscamente, me fazendo ficar de quatro para ele. Gemi por conta dos seus movimentos. E ele começou a penetrar novamente, eu gemia alto de tanto prazer. Enquanto me penetrava, ele estava com os seus dedos pressionado o meu clitóris e com a outra mão apertava a minha bunda e isso estava me fazendo ficar louca de tanto prazer. Ele arfava e gemia quando eu chamava pelo seu nome. Senti minhas pernas ficarem bambas e minha vagina ficar apertada e logo senti o meu gozo. Justin deu mais algumas entocadas e logo pude sentir o seu gozo dentro de mim. Ele saiu de mim e se jogou na cama, logo me joguei também. Nossas respirações estavam ofegantes.
Justin: Puta que pariu você é foda. *falou ofegante*
Jade: Somos fodas. *sorriu vitoriosa*
                Me cobri com um lençol e com o mesmo o Justin se cobriu. Estava quase dormindo quando o Justin me chama.
Justin: Jade. *disse baixo*
Jade: Oi.
Justin: Eu não quero você envolvida nisso.
Jade: Por quê?
Justin: Não quero te perder. *disse sussurrando*
Jade: Isso não vai acontecer. *sorriu*

                                                  CONTINUA...

Oi minhas lindinhas! Como estão? Espero que estejam bem. Eu já estou melhor, graças a Deus. E obrigada a todas que se preocuparam comigo, vocês são lindas!Poxa ninguém vai me ajudar a divulgar o blog? #xatiada Tenho uma notícia ruim pra vocês, eu não irei postar esse final de semana, porque eu vou pra casa da minha avó, mas se der eu posto ok? Mas para recompensar eu postei um capítulo grande pra vocês! Awn obrigada pelos comentários babies, fico muito feliz por estarem gostando da imagine, muito mesmo! Vocês me chamam de diva, mas vocês que são divas! *o* Mas, e aí perceberam que a Jade não está de bobeira né? Ela entende das coisas e sabe o que fala. Quem será o destemido que ela vai chamar? E que lindo o Justin com ciúmes por ela conhecer muito bem o Rico *o* E a parte hot? Viu que o Justin é potente né? hehehehehe E que fofo o Justin não quer perder a Jade, awn *-* Comentem o que acharam lindas! *o* Quem quiser ser avisado sempre que eu postar um novo capítulo é só ir aqui e quem quiser perguntar qualquer coisa é só ir no ask
Continuo com 15 comentários, comentem por favor! :3
conversem comigo, me adicionem no msn ou me sigam no twitter.
yourdreams_fc@hotmail.com
@_ibelieve1
Beijos, Aly